Archive for the ‘libertadores’ Category

h1

Cruzeiro X Boca na Libertadores

24 abril, 2008


A Conmebol divulgou nesta quinta-feira as datas e horários dos jogos válidos pelas oitavas-de-final da Copa Libertadores da América. O Cruzeiro enfrentará o Boca Juniors na próxima quarta-feira (30), às 17h10 (de Brasília), no estádio La Bombonera, em Buenos Aires. O jogo de volta, no Mineirão, em Belo Horizonte, foi confirmado para a outra quarta (dia 7 de maio), às 19h10.

Saluti Celesti

Anúncios
h1

Libertadores 08: Real Potosi (BOL) 5 X 1 Cruzeiro

16 abril, 2008

Webfigurinhas em destaque
Nenhuma

Real Potosi (BOL)
Hugo Suárez; Nicolás Suárez, Edhemir Rodríguez, Marcos Paz (Ortiz) e Ronald Eguino; Luis Gatty Ribeiro, Ronald Gallegos (Galindo), Miguel Loayza (Yecerrotte) e Isidro Candia; Luis Hernán Sillero e Alvaro Pintos.
T. Tito Montaño

Cruzeiro
Fábio; Thiago Martinelli, Léo Fortunato e Espinoza; Jonathan (Jadílson), Charles (Guilherme), Henrique, Ramires e Marquinhos Paraná; Wagner (Marcinho) e Marcelo Moreno.
T. Adilson Batista

Estatísticas*
Jogos 1 – Cruzeiro 1V – 0E – Real Potosi 0V
Gols 3 – Cruzeiro 3G – Real Potosi 0G
Contra times bolivianos:
Jogos 3 – Cruzeiro 2V – 1E – 0D
Gols 10 – Cruzeiro 6G
Primeiro Jogo – The Strongest 1 x 2 Cruzeiro (9/2/76)
Último Jogo – Cruzeiro 3 X 0 R. Potosi (13/02/08 )

* dados fornecidos pela Assessoria de Imprensa do Cruzeiro – não computado esse jogo.

h1

Palpites para as oitavas da Libertadores

15 abril, 2008

A tabela dinâmica do portal GloboEsporte.com permite que você possa antever a combinação das fases finais de um tornéio. Muita gente já aderiu à brincadeira, inclusive os comentaristas do SporTV durante a transmissão de jogos.

Na minha projeção, colocando os resultados da última rodada dessa primeira fase da Libertadores, deu Cruzeiro X U. Católica nas quartas. Veja os outros jogos.

1. Cruzeiro X U. Católica
2. Flamengo X Estudiantes
3. River Plate X Nacional (COL)
4. Fluminense X S. Lorenzo
5. Atlas X Nacional (URU)
6. Cúcuta X Colo Colo
7. Audax X Santos
8. Lanús X LDU

Vamos ver quem de nós se aproxima mais do resultado real.

Clique aqui para ir à tabela dinâmica.

Saluti Celesti

h1

Libertadores 08: Cruzeiro 3 X 1 S. Lorenzo (ARG)

3 abril, 2008

Cruzeiro 3 X 1 S. Lorenzo (ARG)

Webfigurinhas em destaque

Moreno Wagner Espinoza Apodi Marquinhos Paraná

Cruzeiro
Fábio; Apodí, Léo Fortunato, Espinoza e Jadílson; Marquinhos Paraná, Henrique (Marcinho), Ramires e Wagner; Marcelo Moreno e Guilherme (Thiago Heleno).
T. Adilson Batista

San Lorenzo
Orión; Méndez, Bottinelli e Aguirre; González (Bilos); Rivero, Alvarado, D’Alessandro (Acevedo) e Placente; Bergessio e Bernardo Romeo (Silvera).
T. Ramón Diaz

Estatísticas*
Jogos 6 – Cruzeiro 2V – 2E – S. Lorenzo 2V
Gols 12- Cruzeiro 6G – S. Lorenzo 6G
Primeiro Jogo – S. Lorenzo 1 X 2 Cruzeiro (24/01/71)
Último Jogo – S. Lorenzo 0 X 0 Cruzeiro (18/02/08)
Última Vitória – Cruzeiro 1 X 0 S. Lorenzo (19/11/98)

Curiosidade
O Cruzeiro eliminou o San Lorenzo na semifinal da Copa Mercosul de 1998. Depois de vencer a partida de ida em Belo Horizonte por 1 a 0 e do empate por 1 a 1 em Buenos Aires, o Cruzeiro se classificou para a decisão da competição.

* dados fornecidos pela Assessoria de Imprensa do Cruzeiro – não computado esse jogo.

h1

O tropeiro da hinchada do San Lorenzo

25 março, 2008

San Lorenzo

O San Lorenzo (ARG), próximo adversário do Cruzeiro na Libertadores pelo grupo 1, sofreu para garantir 3 pontos em casa em cima do esforçado Potosí, ao ganhar o jogo por 1 tento a 0 (penalti convertido pelo delantero Gonzales, ainda no primeiro tempo).

Depois do gol argentino, o que se viú foi um show de horrores. O Potosí, mesmo prejudicado por suas próprias limitações conseguiu equilibrar o jogo e chegar perigosamente à meta do Orion.

Mesmo assim, o que me chamou atenção foi a reação da famigerada hinchada (torcida) argentina, conhecida mundialmente por sua vibração e apóio incondicional. A partir dos 25 do segundo tempo, as vaias tomaram conta do Nuevo Gasómetro. E não foi contra o Potosí.

E eu que achava que isso era exclusividade de alguns comedores-de-tropeiro do Axé/Mineirão.

Saluti Celesti

h1

Libertadores 08: Caracas (VEN) 1 X 1 Cruzeiro

18 março, 2008

Caracas (VEN) 1 X 1 Cruzeiro

Webfigurinhas em destaque

Moreno Fabio Espinoza

Caracas
Vicente Rosales; Lucena, Mera, Vizcarrondo (expulso) e Valencia; Luis Vera, Jiménez (Casanova), Vargas e Juan Cominges (Campos); Castellín e Bastianini (Rentería).
T. Noel Sanvicente

Cruzeiro
Fábio; Apodí, Léo Fortunato, Espinoza e Jonathan; T. Martinelli, Marquinhos Paraná, Ramires e Wagner; Marcinho e M. Moreno.
T. Adilson Batista

Estatísticas*
Jogos 3 – Cruzeiro 3V – 0E – Caracas 0V
Gols 12 – Cruzeiro 9G – Caracas 3G
Primeiro Jogo – Cruzeiro 3 X 1 Caracas (04/02/04)
Último Jogo – Cruzeiro 3 X 0 Caracas (04/03/08)

Curiosidade
O Cruzeiro nunca perdeu da equipe da capital da Venenzuela. No único jogo entre as duas equipes disputado em solo venezuelano, em 14/04/2004, o Cruzeiro levou a melhor: 3 a 2.

* dados fornecidos pela Assessoria de Imprensa do Cruzeiro – não computado esse jogo.

h1

Libertadores 08: Cruzeiro 3 X 0 Caracas (VEN)

4 março, 2008

Cruzeiro 3 X 0 Caracas (VEN)

Webfigurinhas em destaque

Wagner Marquinhos Paraná Guilherme Charles Espinoza

Cruzeiro
Fábio; Jonathan, Thiago Heleno, Espinoza e Jadílson; Marquinhos Paraná, Ramires, Charles e Wagner (Marcinho); Marcelo Moreno (Marcel) e Guilherme (L. Domingues).
T. Adilson Batista

Caracas
Rosales; Lucena, José Mera, Bustamante e Valencia; Luis Vera, Jiménez, Cominges (M. Romero) e Ocoró (Casanova); Emilio Rentería (Espinoza) e Bastianini.
T. Noel Sanvicente

Estatísticas*
Jogos 2 – Cruzeiro 2V – 0E – Caracas 0V
Gols 9 – Cruzeiro 6G – Caracas 3G
Primeiro Jogo – Cruzeiro 3 X 1 Caracas (04/02/04)
Último Jogo – Caracas 2 X 3 Cruzeiro (11/04/04)

Curiosidade
O Cruzeiro enfrentou quatro equipes da Venezuela na Copa Libertadores. Na fase preliminar da edição de 1967, o time enfrentou e venceu o Deportivo Itália (3 a 0 e 4 a 0) e o Deportivo Galícia (1 a 0 e 3 a 1). Na Fase Semifinal de 1977 o time venceu a Portugueza pelos placares de 4 a 0 e 2 a 1. Em 2004, o adversário foi o Caracas, que perdeu dois jogos: 3 a 1, em Belo Horizonte, e 3 a 2, na Venezuela.

* dados fornecidos pela Assessoria de Imprensa do Cruzeiro – não computado esse jogo.