h1

Calendário Outubro: Craques Celestes – Tostão

13 outubro, 2007

Ajude o Blog do Cruzeirense a ganhar o selo Peixe Grande. Vote aqui

Calendário Outubro: Craques Celestes - Tostão

1280X1024
1280X800 wide
1024X768
800X600

Anúncios

11 comentários

  1. so o passado pra me fazer feliz, pq o presente ta uma merdaaaa!!!!!!!!!!


  2. esse jogava viu


  3. Mais uma homenagem ao maior ídolo da Nação Azul. Valeu Benny.
    O Arthur disse que esse jogava…. Eu porém digo: Esse era um gênio em campo.

    http://www.soucruzeirense.9f.com
    http://www.soucruzeirense.blogspot.com


  4. Eu não tive a oportunidade de ver o Tostão jogar,mas meu pai me falou que ele(Tostão)foi um craque de bola.


  5. Grande Benny. Esse eu não vi jogar, mas conheço toda a história deste gênio, o maior jogador que vestiu, deu espetáculo e honrou o manto estrelado.

    Você mais uma vez dá show no blog com este calendário.

    Sugestão: Que tal fazer um especial sobre o Dr. Eduardo Gonçalves de Andrade? Seria uma grande homenagem ao Tusta e uma forma de os cruzeirense mais novos saberem um pouco mais da história deste gênio da bola.

    Saudações cinco estrelas,


  6. sempre dando show benny!!! vlw!!
    to meio sumido mas tamo ai d vorta!!! os do kerlon ficaram nota 1000 tb!!!
    só nosso cruzeiro q deixou a chance do titulo escapar mas agora é pegar a vaga pra libertadores e rumo ao tri!!! flw!!


  7. Não só vi o Tostão jogar, como todos os outros craques da época….Dirceu Lopes, Raul (goleiro), e como boa Atleticana não posso deixar de falar no Dadá Maravilha, Eder, Toninho Cerezo e quem é da época se lembra também do Alves e tantos outros…Foi uma época em que se jogava futebol por amor à camisa e não por dinheiro…E a torcida ia à campo torcer por seu time…Bons tempos…que os anjos os tragam de volta algum dia….e que eu possa estar aqui para ver.


  8. gostaria de ter sido mais velho naquela epoca,pra ve-lo atuando!


  9. tostão foium cracaço e hj é otimo comentarista parabéns maior de minas de tds os tempos


  10. “Não se aceda aos seus ‘alimites’”, disse esta frase trôpega o querido amigo Serginho, num final de tarde luminosa no Bar do Piu, com uma dúzia de cervejas dispostas sobre a mesa, que claro fique. Pensei que não tinha outros aplicativos para ela que não fosse os da troça e os do riso frouxo da hora. Mas agora, diante da sobra de excessos e da falta de limites do governo em sua ânsia desmedida de alavancar votos e prestígio, vejo que a frase cabe perfeitamente ao sistema atual de absurdos que se vê pelo Brasil afora. Não bastasse a Copa do Mundo de Futebol em 2014, os Jogos Olímpicos em 2016, as desconfianças permanentes no COB, os favores e promessas de cada político, algum benemérito do poder público e do dinheiro alheio urge com a homenagem tardia aos campeões das cinco copas do mundo de futebol — cento e quinze jogadores, se contarmos vinte e três para cada copa, sem por nesta conta os técnicos, médicos e auxiliares. É só fazer os cálculos… Para presenteá-los, o governo federal quer dar a cada um algo em torno de 400 mil reais, pouco mais até. Não faz muito, o governo paulista foi obrigado a devolver aos cofres públicos o dinheiro dos Fuscas dado aos campeões de 1970, na gestão do senhor Paulo Maluf. O senhor Paulo Maluf não gostava de futebol, senão não o teria envergonhado com o seu gesto populista. Se a justiça entendeu assim, então como se pode conceber que nos dias de hoje a mão oficial do poder desbote as cinco estrelas da camisa canarinho com outro prêmio ainda mais imoral e mais caro? Afinal, todos os jogadores, sem exceção, receberam a recompensa que lhes cabia pelas suas conquistas e nunca reivindicaram coisa além que não fosse o reconhecimento pela glória das taças conquistadas com honra, orgulho e dignidade.
    Na sua coluna de domingo, no jornal A Tarde, o ex-jogador Tostão disse que podem tirar o nome dele da lista, não aceita o prêmio porque não vê sentido nessa homenagem atrasada e também porque não seria justo para com os outros atletas campeões em outras modalidades, nem mesmo com aqueles que apesar de lutarem tanto não conseguiram trazer o caneco, além do que o dinheiro é público. Tostão nos demonstra, mais uma vez, o quanto é um homem de caráter e acima de tudo consciente de sua condição eterna de ídolo. Sabe o quanto fez e o que fez pela sua pátria de chuteiras, portanto não se faz preciso que o governo macule a sua bola, enchendo-a sobremaneira além das libras devidas e de maneira ignóbil. Se dinheiro está sobrando, que este seja aplicado na construção de quadras esportivas, ginásios, piscinas, para servirem a milhões de crianças e de atletas que desenvolverão suas habilidades, afinal, havemos de competir nas Olimpíadas de casa, e para isso ainda não temos atletas. Ou será que os políticos vão dependurar seus paletós imundos nos espaldares e vão à luta…?
    Queria ver a cara deles se nenhum jogador aceitasse essa homenagem indecente! Não se acederiam mais aos seus ‘alimites’”.


  11. Tostão querido idolo Cruzeirense, você é guerreiro e um idolo verdadeiro como nélinho e Sorín, escrevo para um blog e queria que você me ajudasse divulgando em seu blog que ai vai: http://blogdotorcedormineiro-cruzeiro.blogspot.com/
    Muito obrigado



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: